2 de fevereiro de 2011

Num minuto


Queria só um minuto com você
Queria só um minuto pra dizer
Tudo aquilo que nunca pude fazer
Queria apenas um minuto pra esquecer
Eu só quero um minuto com você
♫ Catedral - Um minuto


0:01 Era uma
0:02 noite quente,
0:03 como de
0:04 costume em
0:05 minha cidade
0:06 miúda.
0:07 Adormecida
0:08 eu relutava
0:09 com o calor,
0:10 sem brisa
0:11 nenhuma para
0:12 resfriar. Meu
0:13 celular tocou.
0:14 Ligeira e curiosa
0:15 eu atendi.
0:16 Eu ouvi um
0:17 som de vio-
0:18 lão e uma
0:19 voz conhecida
0:20 falou que iria
0:21 ser breve e
0:22 que não queria
0:23 incomodar. O
0:24 violão continuou
0:25 sozinho, com
0:26 uma canção
0:27 calma, doce. E
0:28 eu me lambu-
0:29 sava com ela.
0:30 Repentinamente,
0:31 o violão parou
0:32 e eu ouvi
0:33 algo diferente
0:34 de música.
0:35 - Quero você.
0:36 O tum-tum-tum
0:37 da ligação encer-
0:38 rada foi o pró-
0:39 ximo som, e
0:40 parou ligeiro.
0:41 Nesse instante
0:42 eu despertei
0:43 subitamente,
0:44 olhei ao redor
0:45 e passei a
0:46 mão no rosto.
0:47 Reconheci meu
0:48 velho quarto.
0:49 Tudo não
0:50 passara de
0:51 um sonho, raciocinei.
0:52 E antes de
0:53 voltar a
0:54 dormir, pensei
0:55 e falei:
0:56 - Eu também quero.
0:57 Como se você
0:58 estivesse ouvin-
0:59 do minha
0:60 resposta.

3 comentários:

Lara Oliveira. disse...

Nossa, tô impressionada. Sério. Esse teu jeito de colocar as palavras junto com os minutos, a pequena histórinha perfeitamente encaixada com a música... Parabéns! Ficou lindo mesmo.
Beijos

Saminha... disse...

Adorei seu blog!

Seguindo-te!

Segue lá?

:) beijos!

Renata Maria disse...

Bonito isso.
Triste também.
O bom é lembrar/pensar que, em certos casos e vezes, a pessoa da ligação, do violão e do "Quero você" inicial não precisa necessariamente ser a outra.

:c*!