26 de outubro de 2012

De você a mim


De imensidões e dimensões. De vida e idas. Dos riscos e rabiscos. Do tremer ao tremor. Da dor e ardor. Dos caminhos e ninhos. Dos embaraços e braços. Dos vazios e rios. Das linhas e sub-entre-linhas. De margem e rodapé. De nua à nuca. De dedos e música. De unhas e poros. De ter e perder. De alvo à seta. Do início ao infinito. Do ferir ao prosseguir. Do tecer ao amortecer. Do tragar ao enlouquecer. De dentro ao profundo. Do olhar ao ensurdecer. De ingenuidade ao querer. Das digitais e boca. Do tato e/ao sentido. De êxtase ao instante. Do azedo ao veludo. Do opulento às curvas. Da abreviação ao transbordar. Do revirado ao explorado. Do abstrato ao acariciado. Do beco ao afeto. Do abrasar ao abismo. De bússola à galáxias. 

3 comentários:

Nati disse...

Do 8 ao 80 em alguns segundos.

Bom final de semana, beijos.

Yes, we are! disse...

Em tudo, contudo.

Marie Motta disse...

As contradições e verdades da vida...
Tem selinho pra vc la no blog http://mariemotta.blogspot.com.br/p/selinhos.html
Beijos
:3